Últimas notícias

Image 8w3n9qmtk3cbhhy0qpzzj2e3g.jpg

Copiloto da Germanwings sofreu grave depressão e estaria vivendo crise no namoro

AnsaSegundo o tablóide “Bild”, Andreas Lubitz precisou passar por um tratamento psiquiátrico por um ano e meioO copiloto do avião da Germanwings, Andreas Lubitz, 28 anos, sofreu um “grave episódio de depressão” em 2009, revelou nesta sexta-feira (27) o jornal alemão “Bild”. ;Segundo o tablóide, Lubitz precisou passar por um tratamento psiquiátrico por um ano e meio. Além disso, o copiloto estaria vivendo em “uma pesada crise no relacionamento com sua namorada que o atingiu profundamente”. ;Leia mais:Presidente da Lufthansa diz estar “chocado” com atitude do copilotoConheça desastres aéreos que podem ter sido provocados intencionalmenteO “Bild” ainda informou que a agência responsável pelos voos na Alemanha já sabia que Lubitz “precisava de particulares controles médicos que deviam ser efetuados com regularidade”, pois em sua licença de voo havia a sigla “SIC”, específica para esse tipo de transtorno. ;Já o jornal “Spiegel” destacou em sua edição online que as buscas realizadas pelos procuradores de Dusseldorf, nas duas residências do copiloto alemão, resultaram na apreensão de indícios da doença psíquica de Lubitz. ;A mídia alemã ainda ressaltou que o copiloto havia sido julgado, há seis anos, por “indiscrições não idôneas em um voo”, durante o treinamento na escola de aviação da Lufthansa em Phoenix, nos Estados Unidos. Eles usam como fontes alguns membros da companhia aérea alemã. ;A afirmação da Procuradoria de Marselha de que Lubitz derrubou, de maneira “deliberada” o avião, ganhou mais um dado importante. O site “Flighradar24″, que monitora todo o cenário da aviação mundial, afirma que o transponder da aeronave foi reprogramado para perder altitude: de 38 mil pés para 100 pés, o mínimo possível. ;”Entre as 9:30’52” e as 9:30’55”, o piloto automático foi modificado manualmente dos 38 mil pés para os 100 pés. Nove segundo depois, o avião começou a descer, provavelmente com o botão de descida aberto”, publicou o portal. ;Buscas pelas vítimas ;Apesar do forte vento que atinge o maciço de Trois-Evechès, foram reiniciadas as buscas pelos restos mortais das vítimas do voo da Germanwings. Diversos helicópteros fazem muitos voos e deixam os corpos encontrados nas dezenas de ambulâncias que estão na estrada. ;Veja também: ;Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperadosSegundo os especialistas, as buscas podem durar de semanas a meses. A queda do voo que ia de Barcelona (Espanha) para Dusseldorf (Alemanha) provocou a morte de 150 pessoas. Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos Públicas Corpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados. (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados.(26/03/2015)Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasCorpos de vítimas de queda de avião começam a ser recuperados (26/03/2015) Foto: DICOM / Ministère de l’interieur/Fotos PúblicasAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015)Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015)Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015)Foto: APAlunos fazem homenagem para vítimas do voo 4U9525. Entre os mortos estão 16 estudantes alemães. (24/03/2015)Foto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a DusseldorfFoto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a DusseldorfFoto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a DusseldorfFoto: APImagens do local em que caiu o avião A320 com destino a Dusseldorf. (24/03/2015)Foto: APJornal francês Le Dauphine Liberé divulga o que seria a primeira imagem da área em que caiu o A320 nos alpes franceses, que levava 150 pessoas a bordo (24/03/2015)Foto: Reprodução/Le Dauphine LiberéJornal francês La Provence divulgou o que seriam imagens do local em que caiu o avião A320 com destino a DusseldorfFoto: ReproduçãoJornal francês Le Dauphine Liberé divulga o que seria a primeira imagem da área em que caiu o A320 nos alpes franceses, que levava 150 pessoas a bordoFoto: ReproduçãoExército helicópteros de resgate parque em Seyne, Alpes franceses (24.03.15)Foto: APEquipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na FrançaFoto: Reprodução/TwitterEquipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na FrançaFoto: Reprodução/TwitterImagem da região do acidente aéreo nos Alpes Franceses Foto: Reprodução/TwitterFamiliares confortam parentes das vítimas do acidente com o voo 4U9525 (24/03/2015) Foto: APFamiliares confortam parentes das vítimas do acidente com o voo 4U9525 (24/03/2015) Foto: APFamiliares devítimas do voo 4U9525 chegam ao aeroporto de Barcelona (24.03.15) Foto: APFamiliares devítimas do voo 4U9525 chegam ao aeroporto de Barcelona (24.03.15)Foto: AP Chorando as pessoas chegam no aeroporto de Duesseldorf, Alemanha, terça-feira, 24 de marco, 2015Foto: APHomem esperando pelo voo 4U9525 no aeroporto de Duesseldorf, Alemanha, terça-feira, 24 de março, 2015Foto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da FrançaFoto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da FrançaFoto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da FrançaFoto: APAirbus A320 cai com 148 pessoas da FrançaFoto: AP

More Últimas notícias

Image 2cftreut637cgreezbe55ddn2.jpg

Japão constrói muralha contra tsunamis

BBCConstrução terá 12,5 metros de altura e se estenderá por mais de 400 quilômetros na costa noroeste do país; obra, que visa evitar desastre igual ao de 2011, custou mais de R$ 21 bilhõesO governo do Japão está construindo uma grande muralha para se proteger de tsunamis.A construção terá 12,5 metros de altura e se estenderá por mais de 400 quilômetros na costa noroeste do país.A muralha é feita de cimento e formada por uma cadeia de paredes menores e blocos que facilitam a construção.A obra custou algo em torno de US$ 6,8 bilhões (mais de R$ 21 bilhões) e visa evitar um desastre parecido com o ocorrido em março de 2011, no qual um tsunami provocado por um terremoto no Oceano Pacífico destruiu comunidades costeiras e a usina nuclear de Fukushima, deixando um total de 19 mil mortos.Os que são a favor do projeto afirmam que a muralha é uma espécie de mal necessário e alegam que a edificação ainda pode criar novos postos de trabalho. Estima-se que a construção do muro demore dois anos.Os críticos da muralha afirmam que ela vai arruinar completamente a paisagem, prejudicar os ecossistemas marinhos e a indústria pesqueira local.Leia também:Japão cancela alerta de tsunami após terremoto no nordeste do paísTempestades de neve provocam cancelamento de voos no JapãoFalsa segurança?Segundo vários especialistas, a muralha pode reduzir a potência do impacto de um eventual tsunami e, desta forma, o dano causado pela onda. Mas, também pode criar uma espécie de falsa confiança.Muitos dos que morreram ou desapareceram no último tsunami não prestaram atenção aos alertas de perigo.Margarta Wahlstrom, diretora do Escritório da ONU para Redução de Riscos em Desastres, lembra que a falta de uma infraestrutura básica pode ser catastrófica quando países em desenvolvimento são atingidos por estes fenômenos. Mas a dependência extrema deste tipo de proteção pode fazer com que as pessoas se sintam seguras demais.”Há uma fé exagerada na tecnologia como solução, apesar de tudo que aprendemos, nos mostra que o conhecimento e a intuição das pessoas é o que faz a diferença. A tecnologia, de fato, nos torna um pouco mais vulneráveis”, disse Wahlstrom durante uma conferência na semana passada em Sendai, Japão.Akie Abe, esposa do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, também fez críticas ao projeto.Na opinião de Akie, a muralha fará com que os moradores das cidades costeiras não fiquem atentos aos sinais de um tsunami no futuro. Além disso, para ela, a manutenção desta muralha será cara.Eficácia questionadaOutros duvidam até da eficácia da muralha.”O mais seguro é que as pessoas vivam em locais mais elevados e que suas casas e locais de trabalho estejam em áreas diferentes. Se fizermos isto, não precisaremos de uma grande muralha”, disse à agência AP Tsuneaki Iguchi, prefeito de Iwanuma, cidade que ficou debaixo d’água no último tsunami.As provas quanto à utilidade da muralha não são unânimes.Em 2011, a localidade de Fudai, no noroeste da ilha, escapou das ondas graças a um sistema de comportas e um muro. Estas construções foram feitas graças a um prefeito do local que enfrentou um tsunami e fez com que a construção do muro fosse uma prioridade de seu governo.O projeto, iniciado na década de 1970, foi muito criticado, classificado como um gasto desnecessário. Mas, graças a este projeto, Fudai se manteve de pé.No entanto, na região de Kamaishi, na prefeitura de Iwate, um grande muro que demorou três décadas para ficar pronto a um custo de US$ 1,6 bilhões (mais de R$ 5 bilhões) desmoronou durante o tsunami de 2011 e deixou a cidade totalmente sem defesas.Mas, apesar de as obras da grande muralha já estarem em andamento, o certo é que nenhum projeto de construção poderá eliminar totalmente a necessidade de proteção dos fenômenos mais violentos da natureza.”O que quero destacar é que não importa o que as pessoas tentem criar, não vamos vencer a natureza. Por isso nós, humanos, temos que encontrar uma forma de coexistir com ela. É preciso fugir quando há perigo. O mais importante é salvar sua vida”, disse à agência de notícias AP Takeshi Konno, prefeito da cidade costeira de Rikusentakata.

Últimas notícias Archives

Image 6lj3l95qm3jsaem1npux0vvoe.jpg
Ciclistas protestam pelo Brasil e no exterior em apoio às ciclovias de São Paulo
Na próxima sexta-feira (27), acontece a Bicicletada, evento confirmado em várias cidades do País e do mundo e que reúne milhares de ciclistas que reivindicam espaço nas ruas A paralisação das ...
Image 8be6zpqq09r28j382zsb1t6p8.jpg
Assento econômico ganha ‘upgrade’ de empresa aérea
Erica Ribeiro A oferta da chamada classe econômica premium cresce no Brasil, garantindo tarifa intermediária mais em conta que executiva e poltronas confortáveis Rio - Em busca de adaptação de seus produtos ...
Image 6j1m1hwmyc56a4mi8k5dm6xva.jpg
Para driblar trânsito, corrida vira meio de transporte em grandes cidades
David Shalom Com dicas, projeto ajuda praticantes de exercícios a substituir carro e transporte público por corrida para irem ao trabalho Muito tem se falado sobre mobilidade urbana nos últimos anos. Cidades ...
Image 0bc5swg2ta2ugxdu1nbruybq7.jpg
Justiça vai leiloar Porsche de doleira condenada na Lava Jato
Agência Brasil Segundo MPF, a venda do carro antes do fim do processo criminal serve para preservar o valor do bem apreendido A Justiça Federal no Paraná marcou para o dia 23 ...
Image 4n7m08dyqoa3fwk17l6bauxxt.jpg
Justiça autoriza reintegração de posse da reitoria da PUC-SP
Agência Brasil Alunos foram notificados por um oficial de justiça. Eles fazem assembleia no momento para decidir os rumos do movimento A Justiça paulista concedeu liminar de reintegração de posse à Fundação ...
Image cz008mmf7xvnpuhp5917zoiee.jpg
Temporal em São Paulo causa transbordamento de córrego no Campo Limpo
Aeroporto de Congonhas permanece fechado para pouso e decolagem e linhas do Metrô estão em velocidade reduzida A chuva já está causando problemas em vários locais da Grande São Paulo nesta ...
Image 9qzlsql4rskmn98mk0q591s23.jpg
Pastor surfista faz culto ao som de Coldplay e diz: "Não podemos ser esquisitos"
Carolina Garcia Igreja Onda Dura de Santa Catarina atrai três mil jovens ao quebrar tradição evangélica e aceitar gays e usuários de drogas "Tão igreja que nem parece uma." Esse é o ...
Image 2v8xfnvgyrl50khpnvwfkyv5t.jpg
"Seria ótimo para mim se corpo de Eliza fosse encontrado", diz ex-goleiro Bruno
Em entrevista a Gugu Liberato, ex-atleta do Flamengo voltou a negar envolvimento no assassinato da mulher e disse que seu erro foi não ter contado verdadeira história na época do ...

Próxima Página »

Procurar