Últimas notícias

Lula será interrogado nesta terça pela 1ª vez como réu em ação da Lava Jato

Estadão Conteúdo – O pedido do ex-presidente para que fosse ouvido em São Bernardo do Campo (SP), por meio de videoconferência, foi negado – São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será interrogado nesta terça-feira, a partir das 10h, na sede da Justiça Federal de Brasília. Esta será a primeira vez que Lula será questionado em juízo como réu numa ação penal relacionada à da Operação Lava Jato.Na semana passada, o juiz federal Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal, negou pedido do ex-presidente para que fosse ouvido em São Bernardo do Campo (SP), por meio de videoconferência.Acusados de “atrapalhar” as investigações da Lava Jato, também são réus da ação penal o pecuarista José Carlos Bumlai; o ex-senador Delcídio Amaral; o banqueiro André Santos Esteves; o ex-assessor de Delcídio, Diogo Ferreira Rodriguez; o advogado Edson Siqueira Ribeiro Filho, e o filho de Bumlai, Maurício. Os advogados dos réus e o representante do Ministério Público Federal, além do juiz Ricardo Leite, podem fazer perguntas para o ex-presidente.Em acordo de delação premiada, Delcídio acusou Lula de participação na tentativa frustrada de impedir que Nestor Cerveró concluísse as tratativas com o Ministério Público para um acordo de delação premiada. Segundo o ex-senador, Lula foi o mandante de um esquema para tentar comprar o silêncio de Cerveró Delcídio disse ter procurado Maurício Bumlai, filho do pecuarista José Carlos Bumlai, e obtido repasses em dinheiro vivo. Delcídio também ofereceu ao filho de Cerveró uma mesada de R$ 50 mil, que seria financiada pelo banqueiro André Esteves, do BTG Pactual.O caso levou à prisão de Delcídio em novembro de 2015. Ele foi solto em fevereiro de 2016 após firmar acordo de delação premiada. A Justiça Federal do DF aceitou denúncia contra os envolvidos em julho do ano passado.Lula já está em Brasília. Ele participa esta noite da abertura do 12º Congresso Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (12º CNTTR), que vai até o próximo dia 17.O interrogatório do petista estava marcado inicialmente para 17 de fevereiro. Após a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do petista, o juiz adiou o depoimento do ex-presidente para amanhã.

More Últimas notícias

Com déficit de R$ 660 milhões, USP propõe medidas para conter crise financeira

iG São PauloPrincipal proposta da instituição é a redução de gastos com a folha de pagamentos dos funcionários, que vem sofrendo cortes desde 2014 USP também vem tentando reduzir os gastos com as atividades não consideradas como foco da instituiçãoFoto: Divulgação/USPA reitoria da Universidade de São Paulo (USP) apresenta nesta terça-feira (7), ao Conselho Universitário, uma proposta de austeridade financeira para a instituição. A íntegra do plano não foi divulgada, mas um dos seus objetivos é a redução de gastos com a folha de pagamentos. Nos últimos três anos, foram abertos dois programas de demissão voluntária que resultaram na dispensa de 3,5 mil servidores da universidade. Em um vídeo divulgado no site da instituição, o reitor Marco Antonio Zago destaca os principais pontos que serão levados para a apreciação do conselho. Ele enfatiza a necessidade de que o comprometimento do orçamento da USP com salários retorne ao patamar de 85%.Atualmente, essas despesas ultrapassam os 100% da receita da instituição, contribuindo para o déficit de cerca de R$ 660 milhões apresentado em 2016, diz a universidade, que enfrenta uma crise desde 2014.Além das demissões, o reitor tem buscado sanar as contas da instituição, com uma série de medidas, como cortes em investimentos e revisão de contratos. “O Conselho Universitário – responsável pelas decisões administrativas – vai discutir e votar parâmetros que fortalecerão o equilíbrio financeiro nos próximos anos. Tais critérios vão garantir que os docentes e servidores da casa recebam seus salários em dia e que as atividades-fim da universidade continuem a ter excelência”, disse Zago, ao defender a proposta chamada de Parâmetros de Sustentabilidade.Leia também: Fuvest divulga lista dos aprovados na 5ª chamada do vestibular 2017A universidade também vem tentando reduzir os gastos com as atividades que não são consideradas foco da instituição. Neste ano, foi desativada uma das creches da Cidade Universitária, na zona oeste da capital paulista. E com a redução no quadro de funcionários a partir dos planos de demissão voluntária, o Hospital Universitário teve de reduzir o número de atendimentos no ano passado.QualidadeAs entidades de representação de funcionários e professores se opõem às propostas. Para a Associação dos Docentes da USP (Adusp), é preciso buscar mais receitas. Segundo a entidade, a universidade cresceu ao longo dos últimos anos sem que houvesse expansão dos recursos destinados à ela e a outras duas universidades estaduais, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).As três instituições são financiadas com 9,57% da arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do estado. A Adusp defende que esse percentual seja revisto, destinando 11,2% das receitas do ICMS para as três universidades.Para o presidente da associação, César Augusto Minto a proposta da reitoria coloca em risco a qualidade das atividades desempenhadas pela universidade. “Muito provavelmente, nós não vamos conseguir manter a qualidade do ensino, pesquisa e extensão que é hoje realizado”, disse.Leia também: “Queremos mostrar a ciência do País”: jovens buscam apoio para torneio de FísicaEle critica ainda a falta de discussão e planejamento das medidas que vem sendo tomadas pela USP, dizendo que as dispensas do plano de demissões impactaram negativamente em diversos setores. “Tudo isso, sem discutir abertamente com a comunidade, sem planejamento prévio. Os dois planos de demissão voluntária foram feitos sem nenhum estudo prévio de consequências”, enfatizou.* Com informações da Agência Brasil

Últimas notícias Archives

Seis meses após furacão, ONU pede US$ 2,7 bilhões para recuperação do Haiti
Desastre natural deixou mais de 600 pessoas mortas na América Central; plano de reconstrução deve demorar três anos para ser implementado Valor solicitado pela ONU equivale a 32% do Haiti e ...
Emirados Árabes prometem construir uma ‘Dubai’ em Marte até 2117
País tem um século para erguer o primeiro assentamento humano do planeta vermelho; meta ousada é comparada a Dubai, erguida em região desértica O plano é que uma cidade inspirada em ...
Trump assina novo decreto que restringe imigração e tira Iraque da lista
Versão corrigida do veto migratório seguirá proibindo temporariamente a entrada de refugiados e suspenderá a emissão de vistos para seis países Donald Trump assinou nesta segunda-feira (6) uma nova versão do ...
‘Pega e estupra’: fuzileiros navais compartilham fotos de colegas nuas na web
Militares dos EUA compartilharam fotos e fizeram comentários degradantes sobre colegas em um grupo privado com quase 30 mil participantes Mulheres da Fuzilaria Naval dos Estados Unidos tiveram fotografias e dados ...
Caso Odebrecht pressiona Argentina a adotar punição a empresas por corrupção
Presidente Mauricio Macri deve pedir aprovação de lei que permita acordos e sanções a empresas envolvidas no pagamento de propina a agentes públicos; delações da Odebrecht no Brasil podem impactar ...
‘Boca do Inferno’: Cratera de 85 metros de profundidade revela futuro climático
Cratera Batgaika supostamente foi formada ao final da última "Era do Gelo" e nela estão enterrados indícios do ecossistema local de 200 mil anos atrás Cratera com um quilômetro de comprimento ...
Marcola e integrantes do PCC são transferidos para regime diferenciado
Justiça de São Paulo autorizou que os presos fiquem recolhidos em cela individual e tenham o banho de sol limitado a apenas duas horas diárias Por segurança, Secretaria da Administração Penitenciária ...
FHC visita Lula em hospital e foto comove internautas nas redes sociais
Tucano retribuiu gesto do petista, que o encontrou em 2008 após a morte da ex-primeira-dama Ruth Cardoso; Marisa Letícia teve morte cerebral nesta 5ª Ex-presidentes FHC e Lula se encontraram no ...

Próxima Página »

Procurar