Filed Under:  Cinema & Séries

Diretor da Marvel e Star Wars se compara ao ‘cara que escreveu a Bíblia’

Taika Waititi, conhecido por sua direção em Thor: Amor e Trovão, apresenta uma nova faceta criativa em seu mais recente filme, Quem Fizer Ganha. Este projeto da Searchlight Pictures marca seu primeiro trabalho de direção fora do Universo Cinematográfico da Marvel desde o aclamado Jojo Rabbit, vencedor do Oscar em 2019.

Além de estar envolvido em um filme do Universo Star Wars, que, segundo ele, vai irritar os fãs, Waititi expressou surpresa pelo tempo que levou para lançar outra comédia original.

Quem Fizer Ganha, estrelando Michael Fassbender como um técnico de futebol europeu que assume o comando da seleção nacional de Samoa Americana, concluiu a produção em janeiro de 2020. Contudo, a pandemia impediu que Taika trabalhasse no filme, atrasando o processo de edição e refilmagens até sua estreia no Festival Internacional de Cinema de Toronto em setembro.

Em uma entrevista recente com a Insider, o cineasta compartilhou sua gratidão pelos atrasos, revelando sua preferência por cronogramas mais folgados, algo moldado por sua experiência em filmes independentes.

“Sempre tento ter bastante tempo“, disse Waititi sobre seu processo de pós-produção. “What We Do In The Shadows teve 14 meses de edição. E precisávamos disso para sentir que acertamos. Eu sempre edito e depois tiro um tempo. Edito, tiro um mês de folga e volto a isso. É uma pena que tenhamos que apressar constantemente o processo de pós-produção, porque você passa anos escrevendo uma coisa e depois filmando, e então tem apenas 10 semanas de pós. Isso é loucura. Então, eu gosto de ter tempo.”

Waititi prosseguiu explicando que os atrasos causados pela pandemia lhe deram mais tempo para revisitar certos aspectos criativos do filme, levando-o a se escalar como um padre que narra o filme. “Aquela pequena coisa como o padre apresentando o filme, isso veio bem no final. Era uma ideia de apresentá-lo como uma fábula“, ele disse. “Porque, sim, é uma história verdadeira, mas eu peguei muita coisa e transformei no meu jeito.”

O cara que escreveu a Bíblia

Inspirado na vida real do técnico de futebol Thomas Rongen, Waititi não se arrepende de tomar liberdades artísticas sobre os fatos e colocar seu próprio toque na história. Ele brincou que sua tendência a embelezar as coisas o tornou o mais recente elo em uma longa linha de contadores de histórias, começando pelos autores da Bíblia.

“Quero dizer, na Bíblia, eles pegaram coisas da vida real que aconteceram e então adicionaram, sabe, magia“, ele disse. “Eu sou como o cara que escreveu a Bíblia, irmão.”


Unopar

Comentários dos leitores (0)





Sem Parar



Sem Parar