Filed Under:  Carros

Carros elétricos devem ficar mais baratos, inclusive no Brasil

Estatal chinesa aponta preços mais baixos em veículos elétricos e híbridos plug-in já em 2024 e aumento de vendas

A crescente demanda por veículos elétricos em todo o mundo está moldando o mercado automotivo. No Brasil, já estamos vendo os efeitos, com a chegada de empresas como BYD e GWM , o que está levando a uma redução nos preços de vários modelos que já estão sendo vendidos há anos . O apelo é simples: veículos tecnológicos, econômicos, com baixas emissões, confortáveis e com preços acessíveis pelo o que entrega. E essa tendência pode se fortalecer ainda mais com os planos de uma empresa estatal chinesa que podem impactar diversos países, inclusive o Brasil.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC), o principal órgão de planejamento estatal da China, enxerga uma intensa batalha de preços entre montadoras que oferecem carros elétricos e híbridos plug-in. Segundo a estatal chinesa, a oferta de veículos elétricos deverá aumentar já em 2024, com um aumento de 2,1 milhões de unidades vendidas de veículos elétricos e híbridos plug-in no país asiático.

Além disso, as três maiores fabricantes de veículos com tecnologia eletrificada – BYD, Aito e Li Auto – planejam aumentar suas vendas em 2,3 milhões de entregas neste ano. No mercado chinês, estão previstos cerca de 150 lançamentos , sendo que 110 deles serão modelos elétricos ou híbridos plug-in. Isso indica uma concorrência acirrada, o que deve impulsionar ainda mais a oferta e demanda por esses veículos.

A NDRC também prevê uma redução no custo de fabricação das baterias, componente vital para esses veículos, devido às economias de escala resultantes da produção em larga escala, o que pode reduzir os custos entre 5% e 10%. Essa estratégia já está sendo posta em prática, com a BYD e sua submarca de luxo, a Denza, reduzindo os preços de cinco modelos em 7,15% e 9,7%, respectivamente.

Essa notícia é positiva para o mundo todo, já que uma parte significativa dos veículos elétricos é importada da China, que desempenha um papel fundamental nesse mercado. Os reflexos dessa tendência devem ser sentidos no Brasil em um futuro próximo.


Unopar
Unopar

Comentários dos leitores (0)








Anhanguera