Filed Under:  Beleza

Substâncias químicas sintéticas em cosméticos podem prejudicar a saúde

Cosmetóloga explica como esses ativos sintéticos favorecem o surgimento de problemas no corpo

Você sabia que os produtos que você usa na rotina de cuidados podem estar te intoxicando? Sim, o seu shampoo, creme para o corpo, perfume, protetor solar e outros produtos podem afetar a sua saúde. Isso porque muitos deles contêm componentes químicos chamados PFAs na composição.

Segundo uma pesquisa do CDC – Center for Disease Control and Prevention , 90% dos americanos possuem uma quantidade considerável de PFAs no corpo. Além disso, um estudo realizado pela ATSDR – Agency for Toxic Substances and Disease Registry apontou que a presença dessas substâncias no organismo pode estar associada ao desenvolvimento de doenças como a tireoide, a hipertensão, a obesidade e o câncer.

O que são os PFAs?

Os PFAs (ativos per e polifluoroalquil) fazem parte de uma classe de químicos sintéticos utilizados na produção e formulação, entre outros, de dermocosméticos e embalagens. Alguns, ainda, não se decompõem, contaminando água e alimentos.

Utilização de ativos sintéticos no mercado

Segundo a empresária e cosmetóloga Roseli Siqueira, o uso de substâncias tóxicas, mesmo sabendo dos seus riscos, é o que faz baratear os custos da cadeia de produção. “Sabemos que os recursos da terra são finitos e levam um tempo para serem produzidos e coletados; esse tempo faz aumentar o custo das fórmulas e isso não é interessante para empresas que produzem em massa, por isso os ativos sintéticos são tão utilizados, pois são mais baratos, rápidos e fáceis de se produzir”, explica a especialista.

Efeitos dessas substâncias no corpo

Embora esse assunto seja pouco abordado, o uso de cosméticos com ingredientes artificiais também causa o chamado “efeito rebote”. “Quanto mais você usa, mais vai precisar, mas nem todos são capazes de se dar conta que eles estão causando determinado problema ou piorando alguma condição já existente. Ou seja, você pode estar sofrendo com ressecamento, alergias e quadros de acne por causa do que é aplicado na sua pele”, alerta Roseli Siqueira.

Apesar de os efeitos não serem totalmente conhecidos pela ciência e, de certa forma, todos nós sermos expostos em algum momento, existem maneiras de amenizar os problemas causados por esses ativos. O cuidado começa pela adoção de um estilo de vida mais natural, prezando produtos orgânicos tanto na alimentação quanto nos cuidados pessoais.

Além disso, conferir os rótulos das embalagens e buscar informações são ações essenciais. “Os dermocosméticos naturais sempre vão priorizar recursos como flores, plantas, frutas, óleos 100% naturais, argilas e ativos biotecnológicos, diferentemente daqueles que utilizam altos níveis de sódio, silicones, petrolatos, PFAs e afins”, conclui Roseli Siqueira.


Anhanguera
Unopar

Comentários dos leitores (0)








Anhanguera