Filed Under:  Carros

Chevrolet confirma retorno da Blazer em 2024

SUV agora é 100% elétrico e tem potência de até 564 cv

Nesta segunda-feira, a Chevrolet anunciou o lançamento de seu novo elétrico, o Bolt EUV , mas também confirmou a data de suas próximas novidades no segmento de carros elétricos, a nova Blazer EV e o Equinox EV , que chegarão em 2024.

Priorizando os modelos elétricos ao invés de híbridos , a marca aposta em aproximar o Brasil da estratégia de eletrificação da matriz norte-americana, trazendo os modelos logo após o começo das vendas nos Estados Unidos, ao contrário do que aconteceu com o Bolt EV e Bolt EUV.

As vendas da Blazer na América do Norte irão começar entre Junho e Setembro, no verão do hemisfério norte nas versões intermediárias, e entre Setembro e Dezembro na versão SS.

Equipada com tração dianteira ou integral, a Blazer EV irá entregar até 564 cv de potência e 89,6 kgfm de torque na versão SS, a topo de linha. Segundo a Chevrolet, o SUV terá carregamento em alta velocidade, permitindo recuperar 125 km de autonomia em 10 minutos . O alcance estimado é 466 km nesta versão, quando o veículo desembarcar no Brasil, teremos dados aferidos pelo Inmetro .

O interior conta com central multimídia de 17.7 polegadas e painel de instrumentos de 11”. A central é levemente curvada em direção ao motorista para facilitar a visualização, os bancos são de couro, na cor preta ou vermelha (na versão SS), e ainda há a opção de direção autônoma com o GM Super Cruise .

Os preços para o Brasil não foram divulgados, mas nos Estados Unidos, o site da Chevrolet oferece a versão mais básica por US$ 44.995 (R$ 224 mil na conversão direta) e a SS, a variante topo de linha por US$ 65.995 (R$ 328.655)

Após a Blazer, será a vez do Equinox EV , mas apesar do nome, em nada lembra o SUV a combustão comercializado atualmente. O Equinox irá substituir o Bolt como elétrico de entrada da marca nos Estados Unidos, e custará a partir de US$ 30 mil (R$ 149.665).

A novidade utiliza a nova plataforma de elétricos da GM e as baterias Ultium, e pode alcançar de 400 a 482 km de autonomia máxima , dependendo da versão. O motor rende 213 cv de potência e 33,5 kgfm de torque nas versões de entrada, com tração apenas dianteira. Nas versões topo de linha, serão dois motores que irão combinar para até 294 cv e 47,8 kgfm de torque, e irão dar ao Equinox EV tração integral .

De série, o Equinox irá oferecer rodas de aro 19 e painel digital de 11 polegadas , assim como a Blazer. A central multimídia de 17.7 polegadas será oferecida de série somente em versões mais caras . O interior do modelo é mais simples do que o da Blazer, porém, os bancos são de couro, o painel de instrumentos também é digital, e o veículo começa a funcionar se percebe a presença da chave.

Assim como na Blazer, o Equinox terá a opção de condução autônoma , mas até o momento, o sistema só é programado para as rodovias dos Estados Unidos e Canadá.

De série, os dois veículos contarão com o pacote de segurança Chevy Safety Assist , que contém alerta de colisão, detecção de pedestres, frenagem de emergência, assistente de permanência e de mudança de faixa e faróis automáticos inteligentes .

A confirmação oficial é de que o Equinox EV chegará após a Blazer EV em 2024, e sendo mais caro que o Bolt nos Estados Unidos, o valor de R$ 329.990 cobrados pelo modelo no Brasil, pode servir de base para o próximo elétrico da marca.


Unopar
Unopar

Comentários dos leitores (0)





Sem Parar



Sem Parar