Filed Under:  Tec News

Disney faz rodada de demissões e corta equipe de metaverso, diz jornal

Empresa havia começado a atuar no setor há pouco mais de um ano

A Disney demitiu toda a equipe que era responsável por explorar maneiras da empresa adentrar no metaverso, de acordo com o jornal The Wall Street Journal. A gigante do entretenimento começou uma rodada de demissões em massa que vai cortar 7 mil funcionários.

Segundo o jornal, a divisão de histórias e experiências do consumidor, responsável por explorar o metaverso, tinha cerca de 50 funcionários.

A Disney havia anunciado, em fevereiro do ano passado, que começaria a trabalhar em possibilidades para criar produtos no metaverso. “Por quase 100 anos, nossa empresa definiu e redefiniu o entretenimento, aproveitando a tecnologia para dar vida às histórias de maneiras mais profundas e impactantes”, disse, na ocasião, o então CEO da Disney, Bob Chapek, em um memorando. “Hoje, temos a oportunidade de conectar esses universos e criar um paradigma totalmente novo de como o público experimenta e se envolve com nossas histórias… Este é o chamado metaverso”, completou.

A Disney não revelou publicamente o que vinha sendo criado pela equipe de histórias e experiências do consumidor, mas o The Wall Street Journal fala em “esportes de fantasia, atrações de parques temáticos e outras experiências de consumo”.

Desde o anúncio de que atuaria no metaverso, a Disney mudou de CEO, e foi o novo chefe, Bob Iger, que deu início às demissões em massa a fim de cortar despesas. O executivo, porém, não é um cético em relação ao metaverso, uma vez que já fez parte do conselho de uma startup que criava avatares.

Atualmente, muitas empresas de tecnologia e entretenimento estão encontrando dificuldades para se inserir no metaverso. A própria Meta, que mudou de nome por causa da novidade, ainda vê prejuízos nos investimentos no setor.


Unopar
Anhanguera

Comentários dos leitores (0)





Unopar



Unopar
Unopar
Unopar